terça-feira, 7 de setembro de 2010

Acidentes de trânsito no interior de PE

Entre 2007 e 2009 houve um aumento de 244% em acidentes em Santa Cruz do Capibaribe
Santa Cruz do Capibaribe é um município brasileiro do estado de Pernambuco. Sendo a terceira maior cidade do Agreste Pernambucano em população com 80.330 habitantes segundo IBGE/2009, atrás apenas de Caruaru e Garanhuns. Santa Cruz do Capibaribe além de uma cidade pólo é a maior produtora de confecções de Pernambuco. É também conhecida como a Capital da Sulanca.

Entre 2007 e 2009 houve um aumento de 244% em acidentes em Santa Cruz do Capibaribe
Em 2007 foram 243 acidentes onde 6 foram óbito
Em 2008 foram 411 acidentes onde 18 foram óbito
Em 2009 603 acidentes 23 foram óbito
Fonte: SAMU
                  CONSTANTES ATROPELAMENTOS E DESRESPEITO AS LEIS DE TRÂNSITO
Outro fato que está assustando os moradores de santa Cruz é o aumento do número de pedestres atropelados...
Por volta das 19h00min, de ontem, sábado, dia 28 de agosto 2010, o produtor de eventos, Carlos Herber da Silva, de 34 anos de idade, residente na Av. Raimundo Francelino Aragão, no centro da cidade de Santa Cruz do Capibaribe. Proprietário da Herbes Produções e Eventos, foi atropelado na PE-160, nas imediações do bairro Bela Vista, próximo a casa de Shows Oba-Ôba na Capital da Sulanca.
Segundo informações repassadas a reportagem do Agreste Notícia, Carlinhos Herbes como é mais conhecido, foi surpreendido por um Toyota Bandeirante, de cor Azul, ano 1969, placas KKS-9746.
O veículo era conduzido por José Alves da Silva, de 46 anos de idade.
Já Carlinhos Herbes foi socorrido para o Hospital Municipal.
Devido à gravidade dos ferimentos ele foi transferido para outra unidade de saúde na Capital Sulanca.
Dia 29 de agosto outro atropelamento com vítima fatal. De acordo com as informações a senhora Marly foi atingida por uma motocicleta na saída da missa que fora realizada na Igreja de São Cristóvão, na Avenida 29 de Dezembro. Lamentavelmente Santa Cruz registra mais um triste número da violência no trânsito. Nem ao buscar as palavras de Deus e o consolo diário nas atividades da igreja as pessoas estão livres dessa loucura que tem se tornado o trânsito em Santa Cruz do Capibaribe.
Fonte: Patrulha do Agreste
Lamentavelmente as leis de trânsito não estão sendo respeitadas. A maior parte da população da cidade vive escravizada pela demanda do urgente e isso os faz subir calçadas, para furar fila do semáforo,parar na contramão em ruas estreitas... Interditar a passagem dos demais... "os donos da cidade" param  seus carros no meio da rua e saiem para fazer as mais diversas e demoradas atividades.
Quantos irão morrer para que de fato faça-se uma fiscalização rigorosa nas ruas da capital da sulanca e do desrespeito?

Nenhum comentário:

Postar um comentário