segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

A ONG Pão é Vida é tema de TCC (Monografia) em 2010 –



Adicionar legenda


Dia 11 de dezembro de 2010 durante um jantar, foi passada as mãos dos fundadores da Pão é Vida um TCC (trabalho de conclusão do curso) de Pós-graduação em saúde pública.
A Dra Pollyanna Mayara, autora do trabalho, falou aos presentes sobre a importância da Inclusão Social e como o trabalho voluntario que ela realiza na ONG Pão é Vida desde o ano de 2006, tem feito diferença na vida de tantas pessoas, que de outro modo não teriam acesso a eles.

Rota do Mar homenageou o casal Ronaldo & Joana D arc

Dia 18 de dezembro de 2010 durante confraternização anual a empresa Rota do Mar homenageou o casal Ronaldo e Joana D`arc Henzel, pela dedicação e empenho nas atividades da ONG Pão é Vida.
O casal, Ronaldo e Joana moravam na cidade de Pelotas no Rio Grande do Sul até 2004 onde atuavam como voluntários com projetos sociais.

Depois de 3 viagens ao Nordeste brasileiro onde costumavam passar férias.
Após conviver com as belezas e contrastes da região do Semi-árido.
Eles tomaram a decisão de tirar a ONG Pão é Vida do papel. Venderam 2 empresas que possuíam na cidade gaúcha, uma distribuidora de material publicitário (A RRH) e um Instituto de Beleza (CORTES & CIA).
Compraram um ônibus casa (Motor home) e vieram para a região do Semi-árido, morando no motor home por 3 anos eles atuaram em 4 estados brasileiros (São Paulo, Paraíba, Rio grande do Norte e Pernambuco, onde atualmente a Pão é Vida desenvolve vários projetos sociais.
Um trabalho que vem sendo reconhecido em todo Brasil e conta com parcerias com o setor privado para continuar existindo, pois o trabalho do casal fundador é voluntário. A Rota do mar é uma das empresas parceiras dessa iniciativa.
                       
O Ronaldo Henzel  havia recebido outra homenagem na cidade de Santa Cruz do Capibaribe no dia 29 de setembro de 2010, quando foi entregue na câmara municipal de Santa Cruz do Capibaribe a medalha Pe. Zuzinha.  Criada em 2005, pelo ex-vereador Rui Medeiros, a tem o intuito de conceder Títulos Honoríficos no município, às pessoas que tenham contribuído nas atividades culturais, políticas, científicas e sociais, de forma decisiva para o progresso de Santa Cruz do Capibaribe. Para tanto, cada vereador tem direito de homenagear cinco personalidades, no entanto nem todos concedem as cinco medalhas. Os vereadores aproveitaram o momento para entregar as medalhas para os 36 homenageados, dentre eles estava o Ronaldo da Rosa Henzel, que foi um dos homenageados pelo vereador Galego de Mourinha.

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Natal antecipado no sítio das Baixas - divisa PE/ AL

Durante visita a uma comunidade que fica na divisa de Pernambuco com Alagoas a sensação que tivemos era de termos voltado no tempo... Casinhas de taipa sem mobília alguma, crianças sem acesso a escola.
Lindas crianças que aos 8, 9 anos que não possuíam sequer uma escova de dente... Os brinquedos deles eram cacos de telhas...
Iniciamos uma campanha denominada NATAL COM MESA FARTA, o alvo era audacioso, levarmos um caminhão de alimentos para essa região de difícil acesso. O alvo foi alcançado graças a solidariedade de diversos parceiros. Dia 04 de dezembro 2010 realizamos a entrega das cestas nos sítio das Baixas em Manari com a presença do grupo Átrios da congregacional vale I, que se voluntariou para levar instrumentos musicais para tocar lá no meio dos sertões.
A rede de energia elétrica chegou aos sítios de Manari a pouco tempo... Havia crianças que nunca havia ouvido o som de uma bateria ou teclado, 2 delas começaram a chorar de medo quando ouviram o som dos instrumentos musicais pela primeira vez. Agrademos a todo o grupo Átrios que se fez presente. Agradecemos também aos colaboradores da Rota do Mar que foram conosco até essa comunidade.
A equipe da ONG Pão é Vida que já desenvolve projetos no Sertão do Moxotó, (pintura em tecido e customização), teve a oportunidade de estar mais uma vez nos Sítios de Manari, onde foram entregues cestas de alimentos, brinquedos e Kits de higiene.
As crianças ganharam kits contendo escova, creme dental e sabonete, durante ação a Dra Pollyanna ensinou como escovar os dentes corretamente. Os fantoches foram utilizados para mostrar às crianças a importância da higiene bucal. Certamente aquele grupo de crianças e adolescentes faz parte da estatística dos mais de 28 milhões de brasileiros que nunca foram a um dentista.
Uma das experiências marcantes foi quando voltávamos para a cidade de Manari, vimos um sertanejo magro e alto na estrada, andava em um jumento, carregava uma espingarda e um alforje vazio.
 
Paramos ao lado dele, Ronaldo Henzel o abordou perguntando se aceitaria uma cesta de alimentos, ao que ele prontamente disse sim. Ao receber os mais de 30 kg de alimentos, com voz embargada disse: Moço está vendo aquela serra lá longe, saí de lá ao nascer do sol, em busca de uma caça, e até agora não encontrei nada, (eram aproximadamente 14:00h). Ronaldo lhe disse: agora a caçada melhorou, Deus ama você, e esse amor está sendo expresso através dessa ação.... O sertanejo tirou o chapéu e abraçou Ronaldo com olhos marejados, vimos que ele ficou nitidamente sem palavras...

SEJA UM ASSOCIADO MANTENEDOR
ASSOCIAÇÃO PÃO É VIDA - AG: 0361 -1 CONTA CORRENTE 15.422-9 - BANCO DO BRASIL.
SEDE ADMINISTRATIVA: RUA DIÓGENES TABORDA 16 CASA 11- JD ELEDY - SÃO PAULO /SP CEP: 05856030.
LOCAIS DE PARCERIAS NO NORDESTE: CURRAIS NOVOS RN / SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE / PE MANARI / PE – AMPARO / PB.

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Mutirão Solidário é realizado na escola Munic. Senador J. Ronaldo Aragão

A ONG Pão é Vida realizou o fechamento da campanha NATAL COM MESA FARTA neste domingo dia 28 de novembro de 2010, na escola Municipal Senador José Ronaldo Aragão, localizada a Rua Davi Ferreira de Araújo, no bairro Dona Lica II em Santa Cruz do Capibaribe / PE. Form realizadas diversas atividades culturais e palestras preventivas (Bullying in Foco e Prevenção contra o CRACK com uma equipe do conselho tutelar de Santa Cruz do Capibaribe).
As oficinas realizadas foram: Biscuit e customização, workshop de maquilagem, exposição de artesanato e aferição de pressão arterial.
Todas as salas tiveram participação de toda comunidade, crianças, adolescentes e adultos, dentre as atividades mais procuradas pelos adultos foram cortes e escovação de cabelos e customização.  A criançada participou mais efetivamente das salas de leitura e desenho, do teatro de fantoches e inclusão digital. essas salas tiveram o espaço lotado em todas as sessões. As atividades aconteceram durante todo o dia na escola com entrada franca.
Através de parcerias tivemos 5 crianças contempladas com o programa ADOTE UM SORRISO (Rota do Mar).  e 10 pessoas contempladas com consultas oftalmológicas, (Nova vida e visão)  numa parceria com (Dr. Eder Aragão).
Nos que fazemos a Pão é Vida só temos a agradecer a Deus mais uma vez pela participação dos voluntários que são quem de fato fazem esses projetos acontecerem, não temos palavras para descrever a alegria que sentimos ao ver cada voluntário que participa ao final de cada projeto saem nos perguntando qual a data do próximo evento. Obrigada equipe, com a ajuda de cada um de vocês, tem sido possível alcançar vidas e ver a transformação na vida de muitas pessoas.
Há voluntários que durante os últimos 6 anos nunca faltaram ao mutirão solidário, projeto itinerante realizado pela ONG Pão é Vida e parceiros no Nordeste brasileiro.
A CAMPANHA DE NATAL QUE LEVARÁ ALIMENTOS PARA SÍTIOS NO SERTÃO DO MOXOTÓ NO DIA 04 DE DEZEMBRO 2010.
Essa ação de cidadania e inclusão social foi realizada Pela ONG PÃO É VIDA em parceria com a escola Municipal Senador José Ronaldo Aragão, a empresa Rota do Mar, EG Studio e Salões da beleza da região.
Agradecemos a Revista e Blog Desafios parceiro da Pão é vida que estava mais uma vez presente, fazendo a cobertura do evento.

segunda-feira, 22 de novembro de 2010

O preconceito não deve sufocar a compaixão

*Juscelino se encontrava parado a porta após a programação de uma igreja evangélica, ao me aproximar dele percebo que carrega uma sacola plástica. Ele usava chinelos de dedo, vestia camisa vermelha e bermuda de cor laranja visivelmente surrada.
Conversei com ele por 2 minutos, tempo suficiente para perceber que ele não tinha um lugar para dormir aquela noite... o Ronaldo não estava comigo, meu esposo amado que tanto me ajuda nessas horas... Fui imediatamente para encontrá-lo disse-lhe que havia alguém que precisava de nossa ajuda. Ele poderia ficar quieto e nada fazer, mas, se tratando de nós... olhamos um para o outro, nem foi preciso falar nada, em minutos estávamos à procura de Juscelino, aonde iríamos encontrá-lo? Pelas ruas, pelos becos, postos de combustíveis? Possíveis locais onde alguém que não tem um lar passaria uma noite.
Dada nossa experiência por morarmos anos em um Motor Home (ônibus casa), o posto de combustíveis foi tiro certo. Paramos perto do frentista e estava ali o jovem franzino com um copo em uma das mãos e um exemplar do novo testamento na outra gesticulava para um casal que estava sentado perto dele.
A minha pergunta para o frentista foi clara e direta. O que esse pessoal está bebendo?  deve ser cachaça, Pensei alto... Como somos bobos ter vindo aqui; meu preconceito insistia em falar mais alto que a vontade de ajudá-lo... As pessoas estão certas quando me dizem que esse povo sai pelo mundo se aproveitando das pessoas, pedindo coisas durante o dia, de noite se reúnem para se embriagar e rir daqueles que acreditam em suas histórias tristes... A resposta do frentista foi como uma espada que separa pensamentos de intenções... Não é bebida jovem, eles estão tomando um copo de café.
Ao conversarmos ficou claro que nem se conheciam, apenas partilhavam de momento de total exclusão vivido por Juscelino, que enganava o frio, ou quem sabe a fome tomando goles de café quente...  Juscelino não nos pediu nada...
Entregamos a Juscelino naquela noite um valor em dinheiro, suficiente para passar a noite num dormitório, quem sabe tomar um banho ou comer uma refeição quente...
No dia seguinte constatamos que Juscelino não havia ido dormir no hotel, disse que preferiu guardar o dinheiro para alguma emergência... Aquele dia ele foi conosco a um local com chuveiro, tomou um banho demorado...
Havíamos preparado uma bolsa com roupas, artigos de higiene pessoal e uma toalha. Quando Juscelino chegou era outro homem, limpo e penteado... ainda assim iria dormir naquele posto de combustíveis...
O inicio do século XXI e suas frias estatísticas de assaltos e crimes, a era das incertezas e desconfianças. A realidade é que sentíamos medo do Juscelino, poderia ser um foragido, um assaltante, um psicopata... Já tendo passado por alguns assaltos e roubos, vivendo numa cidade pernambucana com mais 1.080 pontos de venda de crack, tínhamos nossos motivos para agir assim...
A nossa mente racional envia o ALERTA. Não podíamos colocar nossas vidas em risco, por outro lado a cidade não possui nenhum albergue ou casa de passagem para pessoas em situação de vulnerabilidade social. Como lidar com alguém assim? Como é difícil acreditar que chegamos nesse ponto enquanto civilização, uma sociedade globalizada, porém, desumana.
Doamos um colchão e um lençol para amenizar seu sofrimento... ao deitar em nossa cama, um tremendo mal estar tomava conta de nossos pensamentos, não conseguíamos parar de pensar naquele homem dormindo ao relento, um ser humano na sarjeta, vivendo a margem. Uma realidade de um imenso contingente de excluídos no mundo.
Dias depois trabalhando num restaurante onde limpa o pátio e cuida de animais para o abate. Juscelino já tem um lugar para dormir, refeições quentes e um salário, que não é muito, no entanto, ele já pode sonhar com possibilidade de trazer sua esposa e seu filho que aguardam em uma cidade qualquer por uma oportunidade de uma vida digna.
Queremos mais, estamos batalhando para que Juscelino tenha um trabalho com carteira assinada com todos os seus direitos assegurados. Um currículo está sendo colocado nas empresas para que esse objetivo se concretize antes da chegada do Natal.


* A história é verdadeira, apenas o nome é fictício para proteger a identidade do personagem

domingo, 14 de novembro de 2010

Dia 28 de novembro, será o mutirão no bairro Dona Lica II

A ONG Pão é Vida estará realizando o fechamento da campanha NATAL COM MESA FARTA neste dia 28 de novembro de 2010, na escola Senador Ronaldo Aragão, localizada a Rua Davi Ferreira de Araújo, no bairro Dona Lica II em Santa Cruz do Capibaribe / PE. UM MUTIRÃO SOLIDÁRIO será realizado na referida escola com diversas atividades culturais e oficinas, das 9: 00h as 16:00h.
Participe das oficinas de Biscuit e customização. Workshop de maquilagem e decoupagem, exposição de artesanato exibição de filmes em telão, palestras preventivas e aferição de pressão arterial.
A entrada será franca, mas, o desafio é que você e sua família leve 1 kl quilo de alimento não perecível para contribuir com a CAMPANHA DE NATAL QUE LEVARÁ ALIMENTOS PARA SÍTIOS NO SERTÃO DO MOXOTÓ. Se envolva com essa ação de cidadania realizada Pela ONG PÃO É VIDA em parceria com a ROTA DO MAR E DIVERSOS SALÕES DE BELEZA DA REGIÃO.
 Os alimentos serão entregues dia 04 de dezembro de 2010 nas Baixas, a 390 KM de Santa Cruz do Capibaribe em PE na divisa com o visinho estado de Alagoas.

sábado, 13 de novembro de 2010

Pão é Vida na TV Globo em 2009

           CASAL LEVA CIDADANIA AO  SERTÃO 
O vídeo não está mais disponível no portal da TV globo, atendendo centenas de pedidos está postado no you tube. Obrigada a Marcos Filho a Patrícia pelo empenho em editar!

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Pão é Vida participa de projeto em Ibirajuba / PE



Dia 02 de novembro a JUBAGRE realizou um projeto em Ibirajuba, interior de Pernambuco. Durante o deslocamento até aquela cidade, talvez tenha surgido na mente uma pergunta... Porque não ficamos onde estamos, qual a vantagem de enfrentar todo esse sol e o calor causticante para se fazer presente em Ibirajuba?
Ao nos deparar com as pessoas naquelas ruas, vermos o sorriso de cada criança. durante as histórias com os fantoches víamos as crianças interagindo conosco, isso calou o eu questionador que pulsa dentro de cada um de nós.
Depois disso vários carros e enfrentaram novamente as estradas empoeiradas para diversas cidades de origem. Havia representação de diversas igrejas da região.
A ONG Pão é Vida deu sua contribuição com a programação, utilizando o teatrinho de fantoches para falar das 4 leis espirituais adaptada para as crianças.
Ao final da apresentação, as crianças emocionaram a todos nós ao se despedirem abraçando os bonecos.

Somos Pâo é Vida, faça parte dessa família!

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Um Natal com mesa farta no Sertão

Durante visita a uma comunidade que fica na divisa de Pernambuco com Alagoas a sensação que tivemos era de termos voltado no tempo...
Casinhas de taipa sem mobília alguma, crianças sem acesso a escola. Lindas crianças que aos 8 ou 9 anos que não possuem sequer uma escova de dente... Os brinquedos das crinças são cacos de telha...
Porque essas pessoas e tantas outras em situação de vulnerabilidade social ainda são invisíveis em nossa sociedade?
Estamos mobilizados para levar alimentos, escovas e creme dental para que essas famílias tenham pelo menos UM NATAL COM MESA FARTA!
Dia 04 de dezembro uma equipe de voluntários da ONG Pão é vida sairá de Santa Cruz do Capibaribe levando alimentos e kits de higiene até esse local localizado a 390 KM de Santa Cruz do Capibaribe
Participe, se envolva (81) 9752 0140 (TIM) e 92789315 com Joana D arc



SÍTIO DAS BAIXAS - DIVISA DE ALAGOAS / PERNAMBUCO
Estamos mobilizados para levar alimentos, escovas e creme dental para que essas famílias tenham um Natal com mesa farta.

                               PONTOS DE COLETA EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE
Esaú calçados - Rua Cabo Otávio Aragão.
Academia Universidade do Corpo - Rua Filomena Nunes, Dona Lica
Escola Francelino Aragão com professora Erikca – na 29 de dezembro
na escola Senador Ronaldo Aragão, localizada a Rua Davi Fernando de Araújo, no bairro Dona Lica II em Santa Cruz do Capibaribe / PE
Igreja Batista em S.C.C
SE ENVOLVA, PARTICIPE
Esse é um momento propicio para expressar gratidão a Deus por tudo que ele tem nos dado!

Conclusão da segunda turma dos cursos da ONG em 2010

Dia 05 de outubro de 2010 aconteceu a conclusão de mais uma turma do curso de costura Industrial oferecido pela ONG Pão é Vida em Santa Cruz do Capibaribe, Agreste de Pernambuco.
A felicidade estava estampada no rosto dos participantes, no momento de agradecimentos, Edileusa, uma das dedicadas alunas, disse, meu sonho era aprender costurar, como os não havia na cidade um curso gratuito à noite, eu não tinha oportunidade de aprender, pois trabalho durante o dia numa casa de família, só tenho a agradecer a Deus e a Pão é Vida, pela oportunidade que me foi dada, seu esposo Clovis veio participar do momento de conclusão do curso junto coma a esposa, emocionado após ouvir o louvor entoado pela voluntária e levita Isis Sarmento, disse, vocês são como anjos que Deus mandou para esse lugar.
Dia 23 de julho de 2010 havia ocorrido à conclusão das primeiras turmas dos cursos de corte e costura e informática.
Os Cursos aconteceram na Rua Vereador Severino Ribeiro da Silva, 94 - Bairro novo.
O alvo são pessoas em situação de vulnerabilidade social que chegam a Santa Cruz do Capibaribe sem qualificação na área de costura industrial. Os cursos de informática e foram realizados em parceria com e empresa Rota do Mar e a Primeira igreja Batista, proprietária do imóvel onde acontecem os cursos.
Agradecemos aos professores e voluntários que mais uma vez estiveram ao nosso lado nesse projeto.
            Estaremos em São Paulo no mês de outubro realizando algumas oficinas.
 Nos reuniremos com os associados e a diretoria da ONG Pão é Vida.
 Iremos nos reunir na sede da ONG dia 13 de outubro de 2010 ás 20:00h horas.
RUA DIOGENES TABORDA 16 CASA II JD ELEDY
(81) 9752 01 40 (TIM) 9278 9315 (CLARO) Ronaldo / Joana. Acesse nosso site www.paoevida.org
Email / MSN: ronaldo_joanadarc@hotmail.com


quinta-feira, 23 de setembro de 2010

Mais um projeto sendo implementado

CURSO DE PINTURA EM TECIDO -  MANARI 2010

Pão é Vida em agosto 2009 esteve em Manari onde realizou projetos (fantoches e peças de teatro) distribuição de donativos (cestas básicas, roupas e alimentos) para famílias. Assim mais um município do Semi árido recebia ações a ONG Pão é Vida.
Em setembro 2010 iniciamos em Manari o curso de pintura em tecido para as mulheres do município, que tem a voluntária Sirleide na coordenação e execução.
Os gêmeos Ítalo e Yasmim também de Manari (Órfãos para quem realizamos campanha do leite NAN1 no início do ano de 2010) estão com 7 meses, continuam sob a guarda da avó materna, que chorou de alegria ao nos receber novamente e mandou abraços para aqueles que ajudaram na campanha.
                                SÍTIO DAS BAIXAS - DIVISA AL/ PE
Durante visita a uma comunidade que fica na divisa de Pernambuco com Alagoas a sensação que tivemos era de termos voltado no tempo...
Casinhas de taipa sem mobília alguma, crianças sem acesso a escola. Lindas crianças que aos 8 ou 9 anos que não possuem uma escova de dente... Os brinquedos são cacos de telha...
Porque essas pessoas e tantas outras em situação de vulnerabilidade social ainda são invisíveis em nossa sociedade?
Outro dia lemos um artigo publicado aqui no Brasil, onde a escritora Lya Luft escrevia sobre os “filhos do lixo”. Ela citava para muitas pessoas eles são “o lixo do Brasil”
Sei que muitos dirão que não conseguiremos mudar o mundo, mas podemos mudar realidades com nossas atitudes.
Estamos mobilizados para levar alimentos, escovas e creme dental para essas famílias.
(81) 9752 01 40 (TIM) 9278 9315 (CLARO) Ronaldo / Joana. Acesse nosso site http://www.paoevida.org/
Lique, se informe sobre os pontos de coleta em PE

terça-feira, 7 de setembro de 2010

Acidentes de trânsito no interior de PE

Entre 2007 e 2009 houve um aumento de 244% em acidentes em Santa Cruz do Capibaribe
Santa Cruz do Capibaribe é um município brasileiro do estado de Pernambuco. Sendo a terceira maior cidade do Agreste Pernambucano em população com 80.330 habitantes segundo IBGE/2009, atrás apenas de Caruaru e Garanhuns. Santa Cruz do Capibaribe além de uma cidade pólo é a maior produtora de confecções de Pernambuco. É também conhecida como a Capital da Sulanca.

Entre 2007 e 2009 houve um aumento de 244% em acidentes em Santa Cruz do Capibaribe
Em 2007 foram 243 acidentes onde 6 foram óbito
Em 2008 foram 411 acidentes onde 18 foram óbito
Em 2009 603 acidentes 23 foram óbito
Fonte: SAMU
                  CONSTANTES ATROPELAMENTOS E DESRESPEITO AS LEIS DE TRÂNSITO
Outro fato que está assustando os moradores de santa Cruz é o aumento do número de pedestres atropelados...
Por volta das 19h00min, de ontem, sábado, dia 28 de agosto 2010, o produtor de eventos, Carlos Herber da Silva, de 34 anos de idade, residente na Av. Raimundo Francelino Aragão, no centro da cidade de Santa Cruz do Capibaribe. Proprietário da Herbes Produções e Eventos, foi atropelado na PE-160, nas imediações do bairro Bela Vista, próximo a casa de Shows Oba-Ôba na Capital da Sulanca.
Segundo informações repassadas a reportagem do Agreste Notícia, Carlinhos Herbes como é mais conhecido, foi surpreendido por um Toyota Bandeirante, de cor Azul, ano 1969, placas KKS-9746.
O veículo era conduzido por José Alves da Silva, de 46 anos de idade.
Já Carlinhos Herbes foi socorrido para o Hospital Municipal.
Devido à gravidade dos ferimentos ele foi transferido para outra unidade de saúde na Capital Sulanca.
Dia 29 de agosto outro atropelamento com vítima fatal. De acordo com as informações a senhora Marly foi atingida por uma motocicleta na saída da missa que fora realizada na Igreja de São Cristóvão, na Avenida 29 de Dezembro. Lamentavelmente Santa Cruz registra mais um triste número da violência no trânsito. Nem ao buscar as palavras de Deus e o consolo diário nas atividades da igreja as pessoas estão livres dessa loucura que tem se tornado o trânsito em Santa Cruz do Capibaribe.
Fonte: Patrulha do Agreste
Lamentavelmente as leis de trânsito não estão sendo respeitadas. A maior parte da população da cidade vive escravizada pela demanda do urgente e isso os faz subir calçadas, para furar fila do semáforo,parar na contramão em ruas estreitas... Interditar a passagem dos demais... "os donos da cidade" param  seus carros no meio da rua e saiem para fazer as mais diversas e demoradas atividades.
Quantos irão morrer para que de fato faça-se uma fiscalização rigorosa nas ruas da capital da sulanca e do desrespeito?

segunda-feira, 6 de setembro de 2010

Nordestinês, um vocabulário interessante!

O Nordestinês

Nordestino não fica solteiro, ele fica "solto na bagaceira".
Nordestino não vai embora, ele "pega o beco".
Nordestino não diz 'concordo com você', ele diz:
issssso, homi!!
Nordestino não conserta, ele "imenda".
Nordestino quando se empolga, fica com a "mulesta dos cachorro".
Nordestino não bate, ele 'senta-le' a mão.
Nordestino não bebe um drink, ele "toma uma".
Nordestino não é sortudo, ele é "cagado".
Nordestino não corre, ele "dá uma carreira".
Nordestino não malha os outros, ele "manga".
Nordestino não conversa, ele "resenha".
Nordestino não toma água com açúcar, ele toma "garapa".
Nordestino não mente, ele "engana".
Nordestino não percebe, ele "dá fé".
Nordestino não sai apressado, ele sai "desembestado".
Nordestino não aperta, ele "arroxa".
Nordestino não dá volta, ele "arrudeia".
Nordestino não espera um minuto, ele espera um "pedacinho".
Nordestino não é distraído, ele é "avoado".
Nordestino não se irrita, ele se "arreta".
Nordestino não fica com vergonha, ele fica encabulado, todo errado.
Nordestino não passa a roupa, ele "engoma".
Nordestino não ouve barulho, ele ouve "zuada".
Nordestino não acompanha casal de namorados, ele "segura vela".
Nordestino não rega as plantas, ele 'agoa'.
Nordestino não quebra algo, ele "tora".
Nordestino não é esperto, ele é "desenrolado".
Nordestino não é rico, ele é um cabra "estribado".
Nordestino não é homem, ele é "macho".
Nordestino não é gay, ele é "bicha".
Nordestino não pede almoço, ele pede o "de cumê".
Nordestino não lancha, "merenda".
Nordestino não fica satisfeito quando come, ele "enche o bucho".
Nordestino não dá bronca, dá "carão".
Nordestino quando não casa, ele fica "amigado".
Nordestino não tem diarréia, tem "caganeira".
Nordestino não tem mau cheiro nas axilas, ele tem "suvaqueira".
Nordestino não tem perna fina, ele tem "cambitos".
Nordestino não é mulherengo, ele é "raparigueiro".
Nordestino não joga fora, ele "avoa no mato".
Nordestino não vigia as coisas, ele "fica tucaiando".
Nordestino não se dá mal, "se lasca todinho".
Nordestino quando se espanta não diz: - Xiiii! Ele diz: Viiixi Maria! Aff Maria!
Nordestino não vê coisas do outro mundo, ele vê "malassombros".
Nordestino não é chato, é "cabuloso".
Nordestino não é cheio de frescura, é cheio de "pantim".
Nordestino não pula, "dá pinote".
Nordestino não briga, "arenga".
Nordestina não fica grávida, fica "buchuda".

quarta-feira, 25 de agosto de 2010

ONG Pão é Vida Inicia novas turmas para cursos gratuítos


A primeira aula da segunda turma dos cursos de costura industrial e informática aconteceu dia 24 de agosto 2010 ás 19:00h. na rua Vereador Severino Ribeiro da Silva, 94 no Bairro novo, (Travessa da 29 dezembro) em Santa Cruz do Capibaribe.
Ronaldo e Joana D arc Fundadores da ONG Pão é Vida, que desenvolve projetos de inclusão social em São Paulo e na região do Semi Árido, eles enfatizaram a importância desses cursos para aquelas pessoas que chegam ao Pólo de confecções para trabalhar e logo se deparam com a necessidade de qualificação.
Consolidamos o objetivo de oferecer cursos de costura industrial e informática para famílias em situação de risco social no inicio de 2010 em parceria com a ROTA DO MAR e a PIB em Santa Cruz.
As primeiras turmas concluíram os cursos dia 23 de julho 2010, os participantes já estão sendo inseridos no mercado de trabalho.
A ONG conta com o apoio de profissionais voluntários que ministram aulas as terças e quintas das 19:30h as 21:30h. Os voluntários Marcos Filho e Isis Sarmento manifestaram a alegria de poder fazer parte dos projetos que dão oportunidade a tantas pessoas. Marcos finalizou com um frase: Não escondo a alegria de poder está ao lado de Joana e Ronaldo que são bênçãos em minha vida.
Marta Xavier esteve participando do evento,  a empresa Rota do Mar cedeu às maquinas de costura e computadores para realização dos cursos.
Cursos gratuitos noturnos é uma iniciativa pioneira em Santa Cruz do Capibaribe.
Louvamos a Deus pelas parcerias que estão tornando possível esse projeto.
Ao final da aula foi realizado um sorteio de 3 brindes da ROTA DO MAR para os novos alunos.

quinta-feira, 19 de agosto de 2010

Lençol Sujo


Um casal, recém casados, mudou-se para um bairro muito tranquilo.
Na primeira manhã que passavam na casa, enquanto tomavam café, a mulher reparou através da janela em uma vizinha que pendurava lençóis no varal e comentou com o marido:

- Que lençóis sujos ela está pendurando no varal!
Provavelmente está precisando de um sabão novo. Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
O marido observou calado.
Alguns dias depois, novamente, durante o café da manhã, a vizinha pendurava lençóis no varal e a mulher comentou com o marido:
- Nossa vizinha continua pendurando os lençóis sujos! Se eu tivesse intimidade perguntaria se ela quer que eu a ensine a lavar as roupas!
E assim, a cada dois ou três dias, a mulher repetia seu discurso, enquanto a vizinha pendurava suas roupas no varal.
Passado um mês a mulher se surpreendeu ao ver os lençóis brancos, alvissimamente brancos, sendo estendidos, e empolgada foi dizer ao marido:
- Veja ! Ela aprendeu a lavar as roupas, será que a outra vizinha ensinou !? Porque , não fui eu que a ensinei.
O marido calmamente respondeu:
- Não, é que hoje eu levantei mais cedo e lavei os vidros da nossa janela!
E assim é...
Tudo depende da janela através da qual observamos os fatos.
Antes de criticar, verifique se você fez alguma coisa para contribuir; verifique seus próprios defeitos e limitações.
Devemos olhar, antes de tudo, para nossa própria casa, para dentro de nós mesmos.
Só assim poderemos ter real noção do real valor de nossos amigos.
Lave sua vidraça.
Abra sua janela.
"Tire primeiro a trave do seu olho, e então verás claramente para tirar o cisco do olho do teu irmão" (Mateus 7:5)
 FONTE: chamada.com.br

terça-feira, 17 de agosto de 2010

Eles aceitaram o desafio de viver em Manari

PÃO VIDA CHEGA Á MANARI / PE

Manari, no sertão de Pernambuco, assusta pelos números. Segundo a classificação do PNUD, o município tem o menor IDH-M (Índice de Desenvolvimento Humano Municipal) do Brasil. A renda per capita média de R$ 30,43, com R$ 28,38.
Na prática, quase não existem fontes primárias de renda. A maior parte da população de 13 mil habitantes sobrevive, principalmente, de três recursos: lavoura de subsistência, assistência governamental e aposentadorias.
Área: 550,6 km²
Distância da capital: 318,4 km
População total: 13.028 habitantes
População rural: 10.741 habitantes (82% do total)
IDH: 0,467 (menor do Brasil)
Taxa de analfabetismo: 57%
Taxa de analfabetismo funcional: 86%
Esperança de vida ao nascer: 55,7 anos
Mortalidade infantil: 109,67 por mil.
EM AGOSTO 2009 - PROJETOS DA ONG PÃO VIDA EM MANARI / PE
Peças de teatro
Teatro de fantoches para 400 crianças
Entrega de donativos (cestas básicas, roupas e alimentos) para famílias mapeadas.
67 cestas básicas entregues a famílias mapeadas pelo Missionário Antonio Manoel
 e Milhares de peças do vestuário além distribuição de centenas de pares de calçados novos e usados.
DONATIVOS PARA OS ÓRFÃOS DE MANARI EM 2010
Agradecemos aquelas pessoas que responderam ao nosso apelo para juntos realizamos a campanha para comprar leite Nan 1, e arrecadar roupinhas e fraudas para os 3 bebês órfãos de Manari, no Sertão do Moxotó. Dias 6 e 07 de abril 2010 fomos pessoalmente a Manari visitar famílias e entregar os donativos. Nos deslocamos para a Serra do Saco, onde visitamos famílias, falamos do amor de Deus. Deixamos cestas básicas para as famílias que estão sendo acompanhadas pelo Missionário Antonio Manoel e sua esposa Sirleide. Em maio foram enviadas mais caixas contendo cada uma 12 latas de Nan 1.
Cremos que de agora em diante ficará mais fácil a adaptação deles com um leite integral, uma vez que os três primeiros meses já passaram. Se houver outra necessidade estaremos buscando ajuda dos amados para que possamos ajudar.
ELES ACEITARAM O DESAFIO DE VIVER EM MANARI
Família missionária: Antonio, sirleide, kerolayne, Elaine e Maique.
Antonio manoel, Sirleide - Missionários batistas que vivem em Manari.
Há dois anos eu e minha família que vivíamos no Recife, aceitamos o desafio de pregar o evangelho em Manari, apontada como a cidade mais pobre do Brasil. O desafio é realmente grande pois na cidade só tem 4 mil habitantes, os 13 mil moram nos 57 sítios, mesmo sem transporte próprio já atuamos em 12 sítios com ações de cidadania e evangelismo. Temos uma congregação na cidade. Durante esse tempo temos recebido vários grupos de missionários, ONGs, e igrejas que tem nos ajudado. No entanto grandes são nossos desafios para realizar projetos aqui por causa da grande demanda de necessitados. SE PUDER CONTRIBUIR COM O SUSTENTO DA FAMÍLIA MISSIONÁRIA SEGUE OS DADOS: Telefones: 81 94143935 / 94143935
Email: pastor_antoniofilho@hotmail.com
Nome completo: Antonio Manoel do Nascimento Filho
Bradesco AG 3210 - conta corrente 541 939 -5
CAIXA ECONÔMICA FEDERAL - AG 0559 - Conta: 02300000477-3
 ONG Pão é Vida está atuando em Manari desde agosto de 2009. Conhecemos o casal Manoel e Sirleide, hoje estamos cooperando com ações de cidadania.
VEJA ABAIXO TRECHO DE REPORTAGEM SOBRE MANARI – DIVISA DE PE / ALAGOAS.
REPORTAGEM SOBRE MANARI DIÁRIO DE PERNAMBUCO
Marco Bahé - Da equipe do DIARIO de Pernambuco
Hospital? Não tem. Esgoto? Também não. Escola? Tem, mas só até o ensino fundamental. Analfabetos? Tem demais: 80% da população adulta. Estrada asfaltada, nem pensar. Bancos e órgãos de Justiça jamais. Esta é Manari, a terceira cidade mais pobre do País, segundo o último censo do IBGE e a que apresenta o pior Índice de Desenvolvimento Humano. Localizada no Sertão do Moxotó, Pernambuco, a 376 km do Recife, o município apresenta uma das menores rendas médias por chefe de domicílio: R$ 98 por mês.
E Manari é pobre mesmo quando comparada às mais pobres. A escolaridade na cidade é de 2,9 anos de estudo, contra 4,3 anos no Nordeste. Dos 13.028 habitantes do município, apenas 162 têm emprego formal. Mesmo assim, 142 deles são funcionários públicos. A cidade tem apenas 2,9 mil domicílios catalogados. Somente 12 têm água encanada. Outros 42 têm poço. Todo o restante é abastecido por caminhões-pipa, com direito a contados 40 litros d'água por dia. Não mais que 78 lares têm coleta de lixo. E 744 podem se vangloriar de possuir banheiro ou sanitário.
... xerém de manhã, de tarde e de noite. Faz tempo que ninguém vê um pedaço de carne. O feijão, quando aparece, é tão velho e duro que a gente gasta lenha de três dias para poder cozinhar", relata. (...)

quarta-feira, 11 de agosto de 2010

O aborto como problema de saúde pública, como enganar o povo brasileiro?

Na noite do primeiro domingo agosto de 2010, o programa "Fantástico",Governo volta a defender descriminalização do aborto em documento
transmitido pela Rede Globo de Televisão, transmitiu uma reportagem na qual eram exibidas cenas tomadas em clínicas de aborto clandestinas, revelando o envolvimento de policiais que protegem o crime, a conivência do Conselho Federal de Medicina, que só pune o médico que pratica aborto em caso de reincidência, e a permissividade das autoridades que permitem a venda ilegal de drogas abortivas.
Tentou-se manter pouco visível para o público que este programa fazia parte de uma série de outros que a Rede Globo vem
apresentando, como o veiculado pelo mesmo Fantástico no dia 10/6/2010, nos quais o aborto é sistematicamente apresentado como um problema de saúde pública.
É fato conhecido que apresentar o aborto como problema de saúde pública é a estratégia utilizada pelo nosso governo para promover não só a legalização do aborto, como também o reconhecimento desta prática como um direito.
Quando o governo insiste que o aborto deve ser considerado um problema
de saúde pública, o que se quer dizer é que sua prática não mais
deve ser considerada como uma questão de direito penal, o que, dito
em outras palavras, significa o mesmo que sustentar que a prática do
aborto não deve ser proibida por lei. Ora, segundo o próprio
direito, tudo o que não é explicitamente proibido pela lei é direito dos cidadãos.
É o que fez o governo Lula em 2005, ao reconhecer perante a
ONU, em documento oficial, o aborto como um direito humano das
mulheres e em seguida afirmando-se comprometido a revisar a
legislação punitiva para as mulheres que praticam o aborto, conforme
consta nas páginas nona e décima do "SEXTO INFORME PERIÓDICO DO
BRASIL" apresentado pelo governo brasileiro em agosto daquele ano ao
Comitê da ONU para a Eliminação da Discriminação contra a Mulher.
BRASÍLIA - Mais tentativas de legalizar o aborto...
Dois meses após ter sido excluída do 3º Programa Nacional dos Direitos Humanos, a descriminalização do aborto voltou a ser defendida oficialmente pelo governo brasileiro. No documento "Consenso de Brasília", resultado da XIª Conferência Regional sobre Mulheres do Caribe e da América Latina, do Cepal, vinculado à ONU, a ministra da Secretaria Especial de Políticas para Mulheres, Nilcéa Freire, defendeu a revisão das leis que prevêem medidas punitivas contra as mulheres que tenham cometido aborto. Esta é uma das 79 ações previstas no texto, incluída no capítulo dos direitos sexuais e reprodutivos. O evento ocorreu em Brasília e ratificou posições de tratados internacionais.
O fim das penas para a mulher que aborta teve apoio de 33 países e a ressalva de três contrários: Estados Unidos, Chile e Costa Rica. Depois de muita polêmica e pressão de vários setores, principalmente da Igreja Católica, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva determinou alterações no programa de Direitos Humanos, no início do ano. A defesa de projeto que descriminaliza o aborto foi substituída pelo entendimento de que trata-se de um tema de saúde pública. Como anfitriã do evento, Nilcéa coordenou várias mesas de debate, entre as quais a que discutiu o aborto. A ministra fez uma defesa enfática do fim da punição para essas mulheres e foi elogiada por representantes de entidades não-governamentais.
- A ministra Nilcéa agiu de forma muito corajosa. Na véspera de uma eleição, ela defendeu com muita garra esse compromisso. Existe um conflito dentro de governo, mas de forças desiguais. Tirar esse assunto do papel exige uma grande pressão da sociedade - disse Guacira Oliveira, diretora do Centro Feminista de Estudos e Assessoria (Cfemea), que acompanhou essa discussão na conferência.
O secretário-geral da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Dimas Lara, afirmou que a entidade defende bandeiras históricas dos direitos humanos, mas voltou a criticar a descriminalização do aborto e a inclusão desse artigo no texto da Conferência das Mulheres. Dom Dimas disse que a expressão "revisar leis que prevêem medidas punitivas para mulheres que cometem abortos" significa descriminalizar o que hoje é um crime.
- É aquela história do uso do eufemismo, para não dizer abertamente o que está no cerne da questão. É como falar em interrupção voluntária da gravidez, uma forma menos direta de se chamar o aborto. Virou chavão dizer que a mulher tem direito sobre seu corpo. Mas é uma concepção falaciosa. Um embrião é outro corpo - disse Dom Dimas Lara.
A subsecretaria de Articulação de Institucional da Secretaria Especial das Mulheres, Sônia Malheiros Miguel, afirmou que o fim da punição para mulheres que abortam integra documentos de outras conferências internacionais, como a de Beijing, de 1995, que também foi apoiado pelo governo brasileiro. Para Sônia, condenar a prisão uma mulher que fez um aborto, é fazê-la sofrer duas vezes.
- O governo brasileiro tem uma posição clara, que não se trata de uma questão criminal, mas de saúde pública. Somos contra punições para essas mulheres - disse Sônia Malheiros.
Sobre novas críticas a essa posição da Secretaria de Mulheres, Sônia afirmou que não entenderam o papel do documento "Consenso de Brasília".
- O documento sugere políticas. Não é lei nem no Brasil nem em lugar nenhum do mundo. São posições que devem ser olhadas.
A subsecretária afirmou que revisar as leis pode ter muitos significados, como desde ampliar situação do chamado aborto legal (no Brasil hoje, só em caso de estupro ou risco de morte da gestante) ou até mesmo legalizar essa prática.
- Depende da discussão e vontade de cada sociedade.
FONTE O GLOBO - oficial 22/07 às 22h10 Evandro Éboli

terça-feira, 10 de agosto de 2010

FAO amplia campanha na internet para erradicar a fome

Renata Giraldi, AGÊNCIA BRASIL 03/08/2010 16:48 Brasília 
Organização das Nações para Agricultura e Alimentação (FAO) quer ampliar o apoio à campanha mundial de erradicação da fome. A petição que propõe um esforço coletivo já reuniu 251 mil assinaturas eletrônicas.
As informações são da FAO. Porém, especialistas informam que se o mundo mantiver o atual ritmo, essa meta só será alcançada em 2150. A campanha de erradicação da fome tem como símbolo um ícone da campanha representando um alerta. Banners para incentivar as pessoas a assinar a petição foram traduzidos para 13 idiomas.

"A bola está rolando agora e estamos em um bom caminho para atingir a meta de 1 milhão de assinaturas até o final de novembro", disse o diretor-geral da FAO, Jacques Diouf. "Encorajo todos para que assinem a petição online para mostrar solidariedade com 1 bilhão de famintos." Diouf disse que a petição deve ser assinada por quem "considera inaceitável o fato de haver cerca de 1 bilhão de pessoas cronicamente famintas". Para estimular o apoio, foi elaborado um vídeo promocional, de um minuto, com o ator inglês Jeremy Irons. Ele pede que as pessoas reajam e pressionem as autoridades a adotar ações para acabar com a fome no mundo. Paralelamente, a FAO incentiva a adesão à campanha por meio das redes sociais na internet.

            FAO: UMA EM CADA 6 PESSOAS PASSAM FOME NO MUNDO

Dia 19 de junho de 2009
O número de pessoas passando fome no mundo ultrapassou a marca de 1 bilhão, advertiu hoje, em Roma, a Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO). De acordo com a entidade, a população mundial de pessoas famintas aumentou em quase 100 milhões desde o ano passado, alcançando 1,02 bilhão. Isso significa que um em cada seis seres humanos passa fome atualmente.
A FAO atribuiu o aumento no número de famintos a uma combinação da crise financeira internacional com a persistente elevação dos preços dos alimentos. Ao anunciar o dado, o diretor-geral da entidade, Jacques Diouf, advertiu que a crise alimentar "representa um grave risco para a paz e a segurança no mundo".
Em relatório divulgado hoje em Roma, a FAO observa que quase toda a população de pessoas subnutridas vive atualmente nos países em desenvolvimento. De acordo com as estimativas da entidade, desses mais de 1 bilhão de famintos, 642 milhões vivem na região da Ásia e do Pacífico e 265 milhões na África subsaariana.
O QUE É FAO ? - The Food and Agriculture Organization of the United Nations, ou seja, a ORGANIZAÇÃO DAS NAÇÕES UNIDAS PARA A ALIMENTAÇÃO E A AGRICULTURA. Foi fundada em 1945. FONTE: LEIA MATÉRIA DO ESTADÃO