terça-feira, 15 de fevereiro de 2011

Construção numa comunidade carente em Inajá / PE

Durante visita a uma comunidade que fica na divisa de Pernambuco com Alagoas a sensação que tivemos era de termos voltado no tempo...
Casas sem mobília alguma... Crianças que aos 8 ou 9 anos ainda não possuíam uma escova de dente... Os brinquedos eram cacos de telha... Eles vivem isolados a 30 km da cidade de Manari, já no municipio de inajá PE. Recentemente a energia elétrica ao local, utilizamos a mesma trilha de acesso e assim chegamos até as famílias. pessoas que vivem de modo primitivo em pleno século XXI, alguns dizem ser descendentes de índios, possuem até um ritual chamado Toré (uma espécie de xangó). Existe até um projeto da FUNAI para reconstruir a aldeia e proteger o TORÉ como patrimônio histórico. Isso têm sido esperado pela comunidade.
Porque essas pessoas e tantas outras em situação de vulnerabilidade social ainda são invisíveis em nossa sociedade?
Iniciamos em novembro de 2010 uma campanha denominada NATAL COM MESA FARTA, o alvo era audacioso, levarmos um caminhão de alimentos para essa região de difícil acesso. O objetivo foi alcançado graças a solidariedade de diversos parceiros.
Dia 04 de dezembro 2010 realizamos a entrega das cestas nos sítio das Baixas em Manari com a presença do grupo Átrios da congregacional vale central que se voluntariou para levar instrumentos musicais para tocar lá no meio dos sertões.
A equipe da ONG Pão é Vida que já desenvolveu projetos no Sertão do Moxotó, como pintura em tecido e customização.
Dia 04 de dezembro de 2010 todas as crianças ganharam kits contendo escova, creme dental e sabonete, durante ação a Dra Pollyanna ensinou como escovar os dentes corretamente. Os fantoches foram utilizados para mostrar às crianças a importância da higiene bucal.
Uma das experiências marcantes foi quando voltávamos para a cidade de Manari, vimos um sertanejo magro e alto na estrada, andava em um jumento, carregava uma espingarda e um alforje vazio.
Paramos ao lado dele, Ronaldo o abordou perguntando se aceitaria uma cesta de alimentos, ao que ele prontamente disse sim. Ao receber os mais de 30 kg de alimentos, com voz embargada disse: Moço está vendo aquela serra lá longe? Saí de lá ao nascer do sol, em busca de uma caça, e até agora não encontrei nada, (eram aproximadamente 14:00h). Deus ama você, e esse amor está sendo expresso através dessa ação... O sertanejo tirou o chapéu e ergueu aos céus, abraçou o Ronaldo com olhos marejados. Vimos que ele ficou nitidamente sem palavras...
 Precisamos de apoio financeiro para que possamos avançar com o objetivo de implementar projetos na comunidade onde com a ajuda de parceiros estamos construindo um espaço físico no Sertão do Moxotó. A comunidade é puramente extrativista,  muitas vivem abaixo da linha de pobreza. Sabemos que não será fácil mudar uma realidade tão antiga, no entanto, cremos que Deus está ao nosso lado nessa empreitada.
VOCÊ PODE CONTRIBUIR SE DESEJAR: ASSOCIAÇÃO PÃO É VIDA - AG: 0361- 1- CONTA CORRENTE 15.422-9 - BANCO DO BRASIL.